(11) 3017-8990 / (11) 2222-1260

Siga-nos nas redes sociais:

COLETA ONLINE FAÇA UMA COTAÇÃO
O Modal Aéreo será essencial durante a pandemia do Covid-19. Saiba agora como, e porque.

O Modal Aéreo será essencial durante a pandemia do Covid-19. Saiba agora como, e porque.

O Brasil, por sua grande extensão territorial e qualidade infraestrutural das estradas e aeroportos, apresenta grandes desafios logísticos. Durante a pandemia do Coronavírus, muitas dessas questões são evidenciadas e mostram as medidas necessárias para melhorar a logística de distribuição em nosso país.

 

Como sabemos, a logística possui um fator fundamental nas ações de combate ao Covid-19. Agora, para ampliar o poder de distribuição do modal aéreo, responsável habitualmente por 12,6% do transporte de cargas no Brasil, novas ações foram tomadas pela ANAC. Em caráter excepcional, na semana passada, a Agência Nacional de Aviação Civil autorizou o transporte de cargas aéreas para os modelos de aviões tradicionalmente destinados ao deslocamento de passageiros, permitindo que as companhias aéreas adaptem o interior das aeronaves, como a remoção de assentos .

 

O decreto foi emitido por meio do Diário Nacional da União. No documento divulgado, a ANAC afirmou que a decisão têm o objetivo de “maximizar a capacidade de entrega contínua de produtos e insumos essenciais nesse momento de pandemia, como alimentos, suprimentos médicos e equipamentos de proteção individual (EPI), além de outros produtos hospitalares”.

 

COMO O MODAL AÉREO PODE AJUDAR?

Como citado anteriormente, um dos principais desafios logísticos no Brasil é a sua grande expansão territorial. Para alcançar dois pontos pelo modal rodoviário, dependendo da localidade, pode ser necessário muito mais tempo e esforço, do que em comparação com o modal aéreo.

Para se ter uma base, uma das principais rotas comerciais do Brasil é entre São Paulo e Manaus. A cidade de São Paulo é a maior da América Latina, enquanto que Manaus possui o maior Polo Industrial do Brasil, compreendendo mais de 10 mil metros quadrados. A distância territorial entre essas duas cidades é de 2.691 km, porém, a rota de condução é muito maior, com 3.875km.

A importância da rota entre esses dois grandes centros comerciais é evidenciada quando analisado o ranking anuário da CNT do Transporte, contendo as principais rotas aéreas do Brasil. O trecho entre o aeroporto de Guarulhos e o de Manaus representa 20% do total transportado em todo o período.

 

TRANSPORTE DE INSUMOS ESSENCIAIS

Os insumos considerados como essenciais pelo governo são os alimentícios e correlatos, e as atividades ligadas a sua produção, fiscalização e distribuição por todo o território nacional.

Para realizar o transporte de correlatos, existe uma grande complexidade para atender esse segmento, tanto legal, quanto técnica, para garantir a integridade e segurança dos produtos distribuídos.

As aeronaves devem atender todos os requisitos exigidos pela ANVISA para realizar o transporte de correlatos. Para isso, é necessário uma fiscalização contínua do órgão regulador.

O Modal Aéreo requisita um tempo muito menor para distribuir os insumos em determinadas localidades, o que é muito importante para conter os danos sociais causados pelo Covid-19.

A Global Cargo, em parceria com as maiores companhias aéreas do Brasil, está realizando o transporte aeroviário de mercadorias e correlatos por todo o país, atuando fortemente no trecho São Paulo – Manaus, oferecendo serviços de entregas ágeis*. Nossa atuação neste trecho é reconhecida nacionalmente, por nosso poder de entrega e agilidade. Inclusive, no início de 2020, recebemos o Prêmio Latam Cargo de melhor parceira logística nesta rota aeroviária.

Conte com a Global Cargo, entre em contato para obter mais detalhes:

www.globalcargo.com.br/contato | Tel: (11) 3017-8990 / 2222-1260

VOLTAR